Tag: Viciado em filmes

- 06 junho 2018 -
Tô começando acreditar que a minha fonte de criatividade fez a mala e foi embora para muito, muito longe sem data de retorno hahaha (eu tô rindo, mas é de nervoso, tá?). Enquanto isso a gnt finge que nada está acontecendo (o que não é verdade) e que a gnt foi indicado para esse super meme de filmes (o que também não aconteceu) pq ultimamente a única coisa que temos feito é ver filme e se estressar com a faculdade acabalogotaloco.

Qual foi o último filme que você viu?
Na época que eu comecei a responder esse meme, veja você, o(s) último(s) filmes que eu tinha visto tinham sido: Simon and the oaks, Victoria, It (2017), Simple Simon e behind the blue skies, todos (exceto o It) são Suecos e não muito fáceis de encontrar (pq teriam que ser fáceis, não é verdade?).

It: Nem pretendo tentar me explicar por que eu gostei tanto desse filme, mas que fique registrado aqui que eu gostei demais e já estou super ansiosa pela continuação.

Simon and the oaks: É um filme sueco e que talvez (assim como todos os outros eu assisti apenas pelo ator principal, um bjo Bill, seu lindo) e foi o que eu menos gostei, o filme é narrado sob a perspectiva de Simon, um menino judeu adotado por uma família alemã (que ele só descobre no decorrer da história) e desde sempre teve inclinação a gostar de músicas e atividades mais artísticas, mas que não é bem visto pelos seus pais e tals. Achei o filme um pouco conflitante e forçado, principalmente o desfecho dado todo o comportamento do personagem ao longo do filme, mas né.

Victoria: O enredo desse filme é um pouco clichê, Victoria é uma moça bonita de família rica e tradicional e que por interesse dessa mesma da família foi "prometida" (na verdade ela não foi prometida, mas existe uma leve pressão para que ela se relacione com o Otto) que é um outro clichê ambulante: bonito, jovem, rico e arrogante, etc, etc, mas Victoria desde a infância nutre uma forte amizade e paixão pelo Johannes, empregado da família, diria que apesar do filme soar bem clichê tem umas reviravoltas no desenrolar que te faz ficar de boca aberta se perguntando: COMO E PORQUE? 

Simple Simon: Acho que todo mundo deveria assistir esse filme, sério! É simplesmente maravilhoso. Simon é portador da síndrome de asperger e após o termino do namoro do seu irmão, vê a sua vida sair da sua tão importante rotina e a partir disso sai em busca de uma nova namorada para o seu irmão. O filme encanta demais pela simplicidade do enredo, pelo cuidado dos detalhes do filme e pela ótima atuação do Bill (como não amar ♥).

Já no momento que esse post está sendo escrito, o(s) último(s) filme(s) que eu vi de fato foram: O terminal (aquele do Tom Hanks, sabe?) e gente, eu quase chorei, não sei se eu deveria, mas nossa emocionante HAHAH e o corvo (o do Brandon Lee, não o do Edgar Alan Poe, tá?)

Um filme que quer muito ver?
Bohemian Raphsody

Um filme para chorar?
Se você é um ser humano dos animes, lhe aconselho a nunca assistir ao OVA final do Samurai x (tô levando em consideração que você assistiu todas as sagas, bonitinho) pq simplesmente, meu caro minha cara, esse filme é um desgraçador de vidas! Na minha vida toda tive coragem de assistir apenas APENAS duas vezes, mas a desidratação foi intensa. Se você não é uma pessoa dos animes, você terá que concordar comigo que a lista de Schindler não é um filme nada fácil de se assistir também e que bate aquela leve desidratação.

Um filme para rir?
Ai eu vou ser aquela tia chata que vai citar pela 99736777 vez The burbs, mas CÊS VÃO TER QUE CONCORDAR QUE É LEGAL.
Image result for the burbs sardine gif
Aceita sardinha, senhor?

Um suspense?
O silêncio dos inocentes PQ ANTHONY HOPKINS, APENAS.
Image result for SILENCE OF THE LAMBS GIF

Um filme para ver com a família?
A comédia une a família brasileira, portanto Debi Loide.

Um romance?
Com tantos filmes por ai e eu só consigo pensar em de repente 30, ta bom, tem também o encontro marcado, que é lindo também.
Image result for meet joe black gif
:´(

Um filme lindo?
A viagem de Chihiro é um filme lindo em todos os aspectos, na história tão tocante, nos detalhes da animação tão bem feita e o fato de uma protagonista garota tão forte e determinada como a Chihiro, U GO GIRL. CHEGA A DAR VONTADE DE CHORAR.

Um filme para morrer de medo?
Não sou uma pessoa dos filmes de terror. Eu costumava ser quando era criança. Então não sei. O mais próximo que a minha mente consegue chegar de um filme de terror é o Pet Sematary.
Image result for pet sematary gif
Gatinho bonitinho

Um filme de ação?
Drive.

Um filme que não vale a pena?
Atomic Blonde. Hummm, apenas não.

Um filme para o feriado?
Daquelas comédias pastelão? Anota ai: Ela é o diabo, Thor Ragnarok, mas tem também o Napoleon Dynamite um dos meus filmes preferidos da vida, que não se encaixa nessa comédia pastelão, mas ainda sim é muito bom, recomendo demais.

Um desenho animado?
Qualquer um do gênio Hayao, especialmente o castelo animado.

Um filme que todo mundo tem que ver?
O palhaço. O filme é simples, mas consegue balancear muito bem comédia e drama e algumas pitadas de tapa na cara.
Image result for o palhaço filme selton mello gif

Um filme que você já assistiu 3 vezes ou mais?
Todos os filmes que eu gosto eu assisto bem mais de 3 vezes, e isso me recorda da época da videolocadora (eu não sou velha, eu juro) em que eu alugava um filme na quinta e entregava só na segunda e assistia pelo menos uma vez ao dia (quando não mais) só para fazer vale a pena o preço que eu paguei para locar hahaha.

#Maio: O que teve de bão?

- 01 junho 2018 -
Ahhh Maio, o mês que eu finalmente voltei a postar nesse blog, não com a frequência que eu gostaria porque me sobra afazeres e falta criatividade, mas um dia a gnt chega lá, mês de maio também teve dia das mães (bjo, mãe) e show do Ozzy (bjo, Ozzy) que eu não fui :(

Assistindo: Terminei de assistir a quarta temporada de Gotham e GRAÇASADEUS vai ter a quinta (e última, ahhh) temporada para que aquele final possa ser explicado e para que, francamente né, possamos ver Brucinho sendo o Batman, tá na hora já! Gostaria de dizer também que sigo assistindo o trailer do filme do Queen que só estreia em novembro, mas já estamos como:
Image result for spongebob dancing gif
ansiosa
E ainda tem mais o que BRASIL? CASTLE ROCK! MANO DO CÉU, jamais imaginei que viveria para ver uma série que engloba o universo do rei com Bill e Sissy Spacek, apenas assistindo o trailer todos os dias também, estreia logo, apenas!

Dos filmes que eu assisti esse mês e gostei (mas nada que meia população já não tenha assistido): Thor Ragnarok (engraçadinho, porém legal), Nosferatu 1978 (apenas fantástico, não à toa que é a milésima vez que eu assito) e The place beyond the pines (um filme com um milhão de reviravoltas AND Ryan Gosling vestindo camiseta do Metallica).

Lendo: Teses de tcc, listas de exercícios e no meio disso tudo ainda tô tentando ler Johnny vai a guerra.

Ouvindo: Queen.

Querendo: Acabar logo a faculdade!

Instagram Repeller

- 14 maio 2018 -
Sempre fui o tipo de pessoa que pensa algumas (muitas) vezes antes de postar algo no instagram, sim! Se a foto vai combinar com o feed, se vai passar algum tipo de mensagem relevante e MELDELSDOCÉU e se ninguém curtir, sim! Eu tenho tentado tirar esse pensamento da minha cabeça e desde que eu comecei a estudar fotografia eu tenho entendido que a foto é algo muito mais pessoal e íntimo do que a gente imagina, que elas servem para eternizar um momento e que esse momento não precisa ser apreciado nem entendido por outras pessoas, só precisa fazer sentido para nós mesmos.

Vale a pena não me abandonar

- 08 maio 2018 -
Mano, não me abondem, sério hahaha.
arnold schwarzenegger smoking GIF by hoppip
Espero que sim

Desde o início do ano tinha planos de manter esse espaço aqui o mais atualizado que eu pudesse, mas a verdade é que a vida, meus caros, ela é zueira e isso aqui ZZZZzzzzz juntou moscas, não que eu não quisessem vir aqui contar pela enésima vez que eu estou ouvindo música x ou y ou o que eu tenho feito da vida, que são as coisas que eu basicamente só faço (não me julguem) mas é que a vida como eu disse engrenou de uma forma diferente e a carga de compromissos se tornou exaustiva (ainda está) e o bloqueio criativo bateu (forte) e toda vez que eu aparecia por aqui as palavras apenas não saiam ou eu não conseguia expressar as coisas como eu gostaria e juntar meia dúzia de linhas era algo sofrido, por isso eu me retirei, MAS MANO SE PASSARAM DEZ MIL ANOS SINCE THEN.
Image result for NAUFRAGO GIF
Poderia me atualizar, senhora?

Mas vamos ao que realmente interessa né non? O que eu tenho feito esse tempo todo nas cavernas no alto das colinas? e a resposta é basicamente NADA e TUDO, a faculdade vai bem, obrigada por perguntarem, mas eu quero terminar, já não aguento mais, NÃO AGUENTO MAIS, me deem logo esse título de bacharel e todo mundo fica feliz, facul, nunca te pedi nada. Continuo trabalhando e nada de emocionante a respeito disso. FIM.

Sobre as férias: TRAGO IMAGENS DE EMOÇÃO.
E agora vamos falar das férias, nossaaaa, as férias foram realmente um divisor de águas na minha vida, virei fitness, mas não durou muito, pois eu definitivamente não nasci para isso, mas eu li IT, EU LI IT, sabe quando eu imaginei isso na minha vida? NUNCA, gnt eu sou preguiçosa e carregar um livro de 70Kg não fazia parte da minha realidade pq até então eu era uma pessoa roots que não tinha Kindle (mas agora eu tenho \o/), e uma das minhas grandes realizações de 2018 (além de ficar muito rica) era ler It (me senti motivada depois de assistir o filme, bjo Bill, me liga quirido!), MAS O FATO É QUE CEIS TÃO LIGADOS QUE SÃO MAIS DE 1000 PÁGINAS? Sim, são mais de 1000 páginas que a princípio anunciam uma dor nos braços por ter que carregar esse livro pq como eu disse não trabalhávamos com kindle, senhora (MAS AGORA trabalhávamos, pq a vida ela é maravilhosa ♥) e daí que o que, eu li esse calhamaço nas férias (que foram em Janeiro, sdds already) e vivi Brasil, foi lindo, li mais alguns livros, pq aparentemente eu achei descente participar do projeto de leitura do POP SUGAR em um ano de TCC, audacioso, não? E muito inteligente da minha parte, convenhamos né, pq se em termos de faculdade só com prova eu mal consigo existir, que dirá em tempos de TCC, mas né OREMOS. Já estamos em Maio e eu li o total de 6 livros HAHAHAHA, mano....

E eu fui para a praia também, eu já disse que esse negócio de praia não é pra mim? Pois digo que esse negócio de praia não é pra mim, mas as fotos ficaram boas.
Em algum momento da minha vida eu tirei uma foto desse carrossel e era o orgulho da minha vida nunca faria nada igual, mas daí eu tirei essa foto que MINHA NOSSA é o orgulho da minha vida não faria nada melhor que isso aqui.
Gosto dessa pegada meio PeB, meio capa do disco do Duran Duran.



Bom gente, como não quero esgotar as meia dúzia de assuntos em um post só eu vou parar por aqui para que eu tenha assunto para voltar em breve (espero) HAHAH (tô rindo, mas é de nervoso, viu!

Image result for xuxa na nave gif
Eu vou! Mas eu volto, tá?

Livros de 2017

- 03 janeiro 2018 -
Uma das minhas grandes propostas e metas tem sido ler pelo menos 1 livro por mês durante o ano e até que eu tenho conseguido manter a meta digna, esse ano eu consegui ler 19 livros um pouco mais do que o ano passado o que me deixou bem satisfeita, não pretendo fazer resenhas dos livros, apenas a minha impressão sobre cada um, mas a quem se interessar, vou tentar linkar resenhas muito mais bem feitas das que eu jamais faria por aqui HAHAH. Aos livros então.

Dos que eu li
Conta comigo ♥♥♥♥♥ | Revival ♥♥♥ | O rapaz do colorado ♥♥♥ | Fúria ♥♥♥ | 1984 ♥♥♥♥♥ | John Taylor ♥♥♥♥ | Virgens suicidas ♥♥♥ | O filho de mil homens ♥♥♥ | A igreja do diabo ♥♥♥♥♥ | Biografia Metallica ♥♥♥♥♥ | Por um fio ♥♥♥♥♥ | O bazar de sonhos ruins ♥♥♥ | Memórias de uma gueixa ♥♥♥♥ | Jantar secreto ♥♥♥♥♥ | O retrato de Dorian Gray ♥♥♥ | Achados e perdidos ♥♥♥♥♥ | O último turno ♥♥♥♥ | Perfume ♥♥♥ | O médico alemão ♥♥♥♥♥

Dos livros que eu mais gostei

Conta comigo ♥♥♥♥♥ (resenha) - Eu sempre começo o ano meio desnorteada sem saber o que ler ou o que fazer da vida, tava me sentindo saudosista e resolvi reler esse livro (conto na verdade) que é um dos meus favoritos escritos pelo rei, junto com o Cadillac de Dolan que MINHA NOSSA, se você nunca leu APENAS LEIA.

1984 ♥♥♥♥♥ (resenha) - Sou do time que acha que todo mundo deveria ler esse livro em algum momento da vida, é um livro que retrata de alguma forma o que estamos vivenciando hoje, é um tapa na cara a todo momento.

A igreja do diabo ♥♥♥♥♥ (resenha) - Na verdade não é um livro é um conto bem curto (de umas vinte e poucas páginas) mas tem uma sacada muito genial do Machado de Assis sobre as motivações humanas.

Biografia Metallica ♥♥♥♥♥ (resenha) - Sou suspeita a falar a respeito de biografias em geral (porque eu sou fã) e do Metallica, porque né apenas Metallica. Acho esse tipo de material um pouco delicado de ser lançado, porque apesar de propor uma forma muito legal e completa para que possamos conhecer um pouco melhor o artista ou a banda em questão, acho um pouco falho quando quem escreve não tem ligação direta com a banda (jornalistas que são fãs da banda ou algo do gênero, sabe?) porque mais que você possa coletar informações e entrevistas nunca será a mesma coisa do que as pessoas que vivenciaram a banda, sabe? O que de fato é muito mais enriquecedor e autêntico. Eu me senti muito envolvida com essa leitura apesar dos famigerados "Então fulano falou", "Segundo entrevista tal".

Por um fio ♥♥♥♥♥ (resenha) - Já disse que eu sou fã do Drauzio Varella? Sou fã do Drauzio Varella. Também vi esse livro por indicação e comecei a ler sem mesmo saber muito a respeito, e posso falar? Valeu muito a pena! O livro retrata diversas histórias de pessoas em fases terminais de suas vidas, e tudo isso sob a óptica do Drauzio Varella, que além de médico super reconhecido e tals mostrou ser um ser humano incrível. Não foi o livro mais fácil que eu li esse ano, até porque a temática não é fácil (morte por doença / morte em geral), achei que o livro fosse ser super pesado (não que não seja), mas de alguma forma o Drauzio conseguiu mostrar muitas lições de vida com tudo isso, que não devemos nos deixar abalar facilmente (porque isso influencia diretamente na forma como lidamos com os obstáculos da vida, etc) um livro realmente inspirador.

Memórias de uma gueixa ♥♥♥♥ (resenha) - Comecei esse livro sem saber  muito o que esperar e por um tempo achei que fosse uma biografia verídica (não que eu não acredita que muita coisa que aconteceu no livro não tenha sido verdade) e cara, como esse livro me causou angústia, nojo, desespero, por várias vezes eu tive que parar de ler e digerir aquilo que eu tinha acabado de ler, passava dois, três dias para conseguir voltar a ler, não que seja uma leitura difícil, mas é densa, sabe? Coisas bem fora do que eu jamais imaginei que poderia acontecer, coisas que eu desconhecia sambando bem ali em frente aos meus olhos, acho que uma das leituras mais difíceis, mas não menos prazerosas desse ano.

Jantar secreto ♥♥♥♥♥ (resenha) - Vi indicação desse livro em algum canal do youtube e já achei fantástica a proposta do livro desde o início, um grupo de amigos a fim de sair da merda financeira que se instalaram por alguns motivos resolvem propor jantares para a alta sociedade carioca, só que esses jantares são feitos a base de carne humana (!!), sério o desenrolar desse livro é fascinante e nojento ao mesmo tempo,as descrições são muito detalhadas e acredito que elas são a chave do negócio, são elas que te fazem repensar mil vezes antes de voltar a comer carne, indico de coração.

Achados e perdidos ♥♥♥♥♥ (resenha) - A melhor leitura desse ano com certeza (estava em dúvida entre esse, o médico alemão, que eu já falo, e o jantar secreto, mas esse não teve nenhum buraco, nenhum deslize durante o livro todo, o final foi surpreendente, aliás foi maravilhoso da primeira página até a última, pra mim, com certeza o melhor da trilogia, diria até que as aparições de Jerome, Bill Hodges e Holly são totalmente desnecessárias (tá não são desnecessárias, mas é que eles não representam muito durante o livro) hahaha.

O médico alemão ♥♥♥♥♥ (resenha) - Já tinha assistido o filme (que eu também SUPER INDICO) e quando eu soube que existia o livro (que foi escrito por uma mulher (Lucia Puenzo), que foi a mesma que dirigiu o filme) me deixou muito entusiasmada em lê-lo, diria que o livro é uma ótima extensão do livro, apesar de ter muitas coisas que diferem do filme, mas ainda sim serve como um braço de apoio para as pequenas passagens do filme que não são dadas explicações suficientes ou apenas para entender melhor o que se passa (passava) na cabeça do Josef Mengele.