Sobre o lp que eu mais desejei

- 24 abril 2014 -

Pretendo fazer um post mais completo sobre todos os meus lps (não se empolguem não são muitos, mas são todos muito amados), mas enfim, hoje eu vim falar de uma aquisição especial, do lp que eu mais desejei até agora – The man who sold the world.

Sempre tive uma relação muito “vaga” com lp, apesar de achar o máximo só fui ter contato realmente há pouco tempo atrás, tudo começou com o lp do A-HA (Hunting high and low) que mais tarde se tornou parte da decoração do meu quarto e que depois disso me despertou a vontade de coleciona-los além de ficar só admirando quando via algum em um sebo ou na feira e foi isso que eu fiz, mas se tem um lp que me despertou o interesse desde o dia que eu coloquei os meus olhos nele na exposição do David Bowie foi o  The man who sold the world, tá eu já conhecia o cd e tudo mais, mas nunca tinha visto o lp ao vivo.

Procurei em muitos (muitos mesmo) lugares, mas não foi nada fácil de encontrar, até que na minha última tentativa recebo um e-mail bem simpático de um sebo online dizendo que tinham um exemplar no estoque, novo, zero bala, na capa e com cheirinho de novo, echo em Argentina, mas com todas as músicas originais, El Hombre que vendio el mundo agora era meu.

Após algum tempo de ansiedade na espera do carteiro, chegou o meu bolachão, mais esperado o que eu mais desejei e penei para conseguir, ó só que lindeza.

O lp possui as seguintes músicas:

Lado A

·         The Width of a Circle 
·         All the Madmen
·         Black Country Rock
·         After All

Lado B

·         Running Gun Blues
·         Saviour Machine
·         She Shook Me Cold
·         The Man Who Sold the World
·         The Supermen



Ps: Se tem uma coisa que eu sempre falo e que eu vou continuar falando é que se o Bowie não tivesse se tornado músico ele poderia ter virado modelo facilmente, o que vocês acham?

Nenhum comentário em "Sobre o lp que eu mais desejei"

Postar um comentário