O dia que eu quase conheci o Stephen King

- 23 outubro 2016 -
Estava bem de boa no que parecia ser uma dessas salas de espera pensando no que eu ia comer quando chegasse em casa quando eu notei que não estava sozinha, e que não estava desacompanhada, na verdade estava bem acompanhada porque o Stephen King estava do meu lado O REI ESTAVA DO MEU LADO, O REI, O STEPHEN KING ESTAVA SENTADO NA POLTRONA / CADEIRA DO LADO, DO MEU LADO, quis morrer ali mesmo, comecei a pensar em coisas que eu poderia fazer, coisas que eu poderia falar até porque eu não poderia simplesmente chegar lá e começar a babar e parecer uma idiota tentando formar uma frase simples. Pensei em falar do quanto eu sou fã do trabalho dele, mas parecia ser tão óbvio, todo mundo fala isso, pensei em pedir uma foto, mas e se ele falasse não, cortasse conversa e fosse embora, pensei mais um pouco até encontrar o assunto perfeito: gatos! Todo mundo adora gatos, ele tem uma história sobre gatos e eu poderia até mostrar as fotos dos meus, seria perfeito!
Tomei coragem, me levantei e estava repassando na minha cabeça o que eu iria falar, cheguei perto, estendi a mão abri a boca para falar quando...

"_Bi?"
"_Bi?"

Só para constar meu apelido é Bi (e só a minha mãe me chama dessa forma)

Ãh? Isso foi um sonho? NÃO PODE SER, NÃOOOOOOO.angry annoyed frustrated mr krabs spongebob squarepants

4 comentários em "O dia que eu quase conheci o Stephen King"

  1. Hhahah, ahhh não, era um sonho? Porque essas coisas sempre acontecem com a gente? Que tristeza.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muita falta de sorte isso acontecer apenas em sonho e ainda acordar no que seria a melhor parte dele, não é?

      Excluir
  2. acho que iria querer ficar nesse sonho pra sempre
    hahaha

    ResponderExcluir