Por onde andas, criatura?

- 07 junho 2017 -
Tinha idéia de fazer um resumo do mês de maio, mas já estamos em Junho e eu só me dei conta disso agora (!), isso só porque acabou a semana de prova e eu finalmente posso sair da minha toca chamada faculdade.

A vida tem estado conturbada com toques de montanha russa (altas emoções) tipo o dia que eu fui para o show do Europe (que eu pretendo falar a respeito) ou do fim de semana incrível que eu passei em Sp (que eu também pretendo falar a respeito, acredite em mim).

Resolvi fazer esse post mais como um breve parecer das coisas que mais tem me emocionado durante todo esse tempo, a começar pelas provas da faculdade hahaha, tô brincando (ou não).

Não sei se eu já falei antes, acho que sim, mas eu ainda não superei o filme Um estranho no ninho, já tinha ouvido falar muito a respeito, mas não tinha visto ainda por motivos que nem Freud explica, mas como eu estava em um momento Jack Nicholson Addicted acabei assistindo por acaso e nossa, que atuação, tão fantástica quanto (na verdade acho que até mais) do que o Jack Torrence de O iluminado, a metáfora do hospício para a nossa vida e como lidamos com os problemas diários, o fato dos pacientes se sentirem aprisionados mesmo tendo a opção de sair e cara, aquele índio, nunca vou superar as interações do McMurphy com o Chefe e em certo ponto eu até torci para para McMurphy   (louco, não?), mas é que ele se tornou um personagem tão carismático que eu não consegui torcer contra e que final, meus caros, que final.

SE VOCÊ NÃO QUER VER SPOILERS DO FILME NÃO LEIA O PRÓXIMO PARÁGRAFO
Confesso que eu fiquei bem curiosa com o procedimento que os médicos realizam no personagem logo no final do filme, dei uma pesquisada a respeito e esse processo se chama Lobotomia, o mesmo procedimento usado no filme Hannibal, naquela (famosa) cena em que o Hannibal abre a cabeça de uma pessoa e corta um pedaço do cérebro (acredito que a prática era bem menos invasiva, mas né já da para se ter uma ideia) e engraçado como eu já tinha lido a respeito do caso do Phineas Gage operário que após ter sido atingido no lóbulo frontal por uma barra de ferro mudou totalmente de comportamento, de um cara trabalhador “boa gente” se tornou um cara agressivo, preguiçoso e tals, para quem se interessar tem essa matéria explicando melhor o caso, não sei porque eu falei tudo isso, mas né, veja que esse blog também é cultura hahahahaha

Ainda falando sobre filmes, assisti pela 9304895737 vez a trilogia Batman e renovei meus votos de filmão e melhor personagem, com melhor atuação ever, e sempre me questiono porque trocaram o Christian Bale pelo Bem Affleck. WHY GOD?

Falando sobre o rei consegui adquirir o meu tão sonhado Trocas Macabras, pretendo em breve fazer uma atualização dos livros do rei (que nunca acaba essa coleção SEN OR) e peço a sua atenção para a melhor aquisição de todos os tempos: cão raivoso, adquiri por incríveis 15 reais em uma sebo maravilhosa aqui de Campinas, eu fico louca de ver os preços estratosféricos que as pessoas agregam as coisas, principalmente os livros do rei, já vi livros sendo vendidos a quase 1000 reais (surreal e insano ao mesmo tempo).

A foto pode não estar bonita, mas estava delicioso.

Ainda nesse dia aproveitei para matar um pouco da saudade que eu sinto dos alfajores e o doce de leite argentino (que é o melhor que há) e passei nessa cafeteria (?) / chocolateria (??) / estabelecimento (!!!) para apreciar aquele chocolate quente com muito doce de leite (dá água na boca só de pensar).

Um comentário em "Por onde andas, criatura?"

  1. Amo a trilogia Batman, e sempre me pergunto o que havia na cabeça das pessoas que decidiram chamar Ben Affleck pra interpretar Bruce Wayne. Bad mistake. Gente, essa foto tá boa sim e to babando muito nesses doces!!

    ResponderExcluir