Momentos fantásticos dos animes

- 17 agosto 2017 -
Algumas pessoas (do mundo online e offline também) já puderam perceber o quão fanática eu sou por animes e o quanto eu tento arrastar as pessoas para esse mundo também e digo mais, sou conservadora sim e não é qualquer anime que eu assisto / gosto, porque não sou obrigada a nada, já fui de assistir muitos desenhos porcaria e hoje em dia tenho uma lista só dos melhores, que são os quais eu dedico o tempo da minha vida, além de estar sempre comentando sobre determinadas passagens porque eu sou dessas, fiz uma lista ~despretensiosa~ de alguns momentos bastante marcantes dos meus animes preferidos.

Saitou vs Kenshin
 strike animes kenshin rurouni GIF
Saitou aparece no dojo kamyia por um motivo óbvio (que eu não vou dar spoilers caso você ainda não tenha assistido), e é claro que o que aconteceu no passado entre os dois não ficou bem resolvido e após anos de espera Saitou não quer deixar a oportunidade de lutar com Kenshin Himura (mais conhecido como Battousai) passar em branco. Pra mim eles protagonizam uma das melhores (se não a melhor) luta de todos os tempos, a luta tem profundidade, tem tensão, tem história e não é nada óbvia, não da para saber quem vai ganhar, como vai terminar e isso torna a luta tão interessante, poderia citar muitas outras passagens dessa fase do Samurai x como a luta do Saitou com Usui ou até mesmo a luta do Kenshin com o Soijiro que também é uma história a parte, mas ainda sim se tivesse que escolher seria essa luta / episódio que ganha em disparada como um dos melhores, com certeza.

Quando o Shogu aparece

Ainda falando de samurai x, confesso que dessa nova temporada poucas coisas me agradam, mas com certeza a cena em que o Shogo aparece para lutar com o Cho é uma das que mais valem a pena de assistir e RE ASSISTIR (PQ NÃO NÉ BRASIL). A luta em si não é emocionante, na verdade não há luta porque né quem é o Cho na fila do pão? Se até Kenshin Himura, estrela da porra toda do anime sofreu na mão do Shogo a ponto de ser facilmente descartado (e convenhamos que não foi descartado por ~pena~), mas enfim, toda a sequência é muito bem feita, a começar pela trilha sonora que condiz muito bem com o personagem e diria que soa até um pouco irônica para o momento em si, e toda a sequência que se desenvolve a partir disso é fenomenal, quando o Shogo corre em direção ao Cho eu estava me sentindo como:
A personificação da minha pessoa em frente a TV

Quando o Inuyasha se torna youkai completo
Adoro esse plot twist do anime, mas jamais esperaria no entanto apesar de ser ~meio óbvio~ já que o Inuyasha é um meio youkai (não é bem essa palavra que eu estava procurando, mas cês entenderam)

Luta do Camus com o Hyoga
Se você é fã de anime vai concordar que não há anime mais difícil de assistir (no sentido emocional) do que cavaleiros do zodíaco, são muitas as passagens que mexem com os sentimentos mais profundos do ser humano e essa luta é uma delas, confesso que estou puxando sardinha para o meu lado (alguém ainda usa essa expressão ou eu tô velha?) pq né Camus teoricamente é meu mestre já que eu também sou team signo de aquário, tudo bem que isso não tem nada a ver, mas enfim a luta do Hyoga e Camus (salve salve mestre) foi uma das mais difíceis de assistir porque se de um lado tínhamos Hyoga lutando contra o tempo para salvar a vida da Deusa Athenas, fazendo a sua parte para manter o ~bem da humanidade Saori~ do outro lado tínhamos o mestre do mestre do Hyoga (que no fundo também foi mestre do Hyoga) lutando para que ele desistisse dessa loucura toda, ou seja BRASIL uma luta de mestre contra aprendiz, de certo contra errado? Não acho! Pra mim soou mais como uma luta de pai e filho, cada um com a sua razão tentando mostrar ao outro que seu ponto de vista era de fato o mais correto, no final não posso negar que não fiquei com os olhos cheios de ciscos porque estaria mentindo.

Adeus do Goku... Até um dia!

QUE QUE FOI ESSA CENA? TÔ ESPERANDO PARA VER O QUE ACONTECE DEPOIS QUE OS CRÉDITOS SOBEM (DE VERDADE).

Nenhum comentário em "Momentos fantásticos dos animes"

Postar um comentário