Vida pós BEDA

- 11 setembro 2017 -
Daí que o BEDA acabou, eu não fiquei ryca, nem acabei a faculdade (ainda), muito menos consegui terminar de ler o menina má (sim), mas o ritmo de escrever todo dia para o BEDA continua em mim, vocês conseguem entender que eu quase arranquei os cabelos da minha cabeça planejando para não falhar nesse beda (cês não se importam se eu escrever tudo minúsculo, não né?) esperando que no fim saísse tudo certo e acabasse logo agora eu fico toda ressentida que acabou logo-poderia-ter-durado-mais-um-mês-a-festa-tava-boa. VOCÊS CONSEGUEM ME ENTENDER? EU NÃO!

Tudo o que eu sei é que eu ainda estou com aquela sensação de planejamento de mega festa vem os parentes tudo e não pode sair nada errado, você dá tudo de si, se irrita, chora na sarjeta porque nada vai dar certo, daí o troço acaba, passa, é sucesso e fica o que? as lembranças, a saudade, o gostinho de quero mais #mandabeda. Claro que eu poderia seguir nessa carreira solo e postar todos os dias da minha vida, mas jamais teria capacidade criativa para tanto, então para matar aquela lombriga, aquela vontade de aparecer por aqui eu voltei só para dizer inutilidades que com certeza não irão agregar nada, mas nada mesmo a sua vida (só avisando), mas que talvez (e apenas talvez) eu gostaria de deixar registrado aqui para algum dia. Ready?

Daí que a poucos dias do rock in rio começar eu voltei e ouvir tears (fazia tempo que eu não parava para ouvir as músicas deles) mas ouvir mesmo, sabe? Ouvir em looping, ouvir enquanto eu tomo banho, ouvir enquanto não faço nada e tô o que? Sofrendo! Cadê tears aqui em SP, hein??? Cadê Tears na minha vida? Tô mals! E ainda nessa mesma vibe de tears ainda voltei a ouvir queen, mais especificamente I want to break free, porque né! o que esse clipe tem de tão hipnótico? Eu não consigo parar de assistir e quando eu uno o combo tears e queen, é só sucesso! E claro, pequenos atrasos nas minhas tarefas, mas né.. prioridades, prioridades!
Resultado de imagem para i want to break free gif
CAMANÃOAMAR?

E daí que dia desses procurando por sorvete (em uma terra far, far away que aparentemente ninguém sabe o que significa a palavra sorvete) me deparei com uma loja que vende bolo no pote (bolo bem gelado, by the way) e como eu sou aparentemente bem Rubinho Barrichelo pra tudo nessa vida eu jamais tinha ouvido, visto, alguém pronunciar qualquer palavra em prol do bolo no pote (novidade, não?) aliás NEM SABIA QUE ISSO EXISTIA (tô muito desinformada?) e MANO DO CÉU melhor invenção de todos os tempos, não matou a minha vontade de sorvete porque né sorvete é insuperável, mas achei magnífico a ideia de um bolo no pote! Será que isso faz parte de mais uma manobra ~gourmetizadora~ de comidas simples? Questões!

Daí que para finalizar eu queria apenas citar duas ~descobertas~ (que não são descobertas minhas já que eu vi indicação por ai).

A primeira é essa música, eu adoro o trecho inicial dessa música, é tão maravilhosa, mas ainda não sei se eu consigo gostar dela como um todo(?). E a outra indicação que eu vi em um canal do youtube é o livro jantar secreto que eu estou lendo e estou gostando MUITO, MAS MUITO MESMO.

Nenhum comentário em "Vida pós BEDA"

Postar um comentário